terça-feira, 9 de novembro de 2010

Cheirinho das lembranças...



A saudade é freqüente em minha vida. Ela acompanha os melhores cheiros das minhas lembranças. E nem sempre é dor... ela pode ser sentida com muita alegria, ainda que carregue a certeza de não mais poder ser “matada”.
Um dos cheiros mais gostosos que sinto dessa saudade é da minha infância. Das histórias que meu avô contava antes de dormir, da clássica música Asa Branca em todo desfecho, sem falar das madrugadas de filmes estilo King Kong, Mazzaropi e até mesmo do Joe Banana... Só clássicos... rs
Ao mesmo tempo, cheiro + saudade = vontade de comer os farelinhos do café da manhã do meu xodó. Saudade de comer bala de coco em ponto de puxa. Vontade de ser criança de novo e aproveitar milhares mais do que um dia eu pude. 
Vontades que vem e não passam...
Vontade de sorvete de perua, de banho de chuva na rua, de truco com os meninos da vila ao entardecer. Saudade de brincar de caminhoneiro com minhas primas, de supermercado na despensa da minha avó, de castelinho de barro no pomar da minha biza.
... E olha que eu nunca quis ser gente grande. Essa vida na verdade nem tem a mesma graça. But...
Sinto cheiro da época dos patins, do meu primeiro beijo na muretinha ao lado do portão. Depois do segundo beijo no último andar da escadaria do prédio... assim como do meu último beijo. Passam os anos e tudo continua igual... Cada lembrança com seu cheiro particular.
Cheiro de cada ansiedade por mais um dia e outro e mais outro.
De um passado ainda recente sinto falta da época de faculdade. Das aulas que eu não matava... De dar bom dia para o Sol nas manhãs de frio intenso e até mesmo dos vizinhos que nem conhecia. Sinto ainda o cheiro de cada pessoinha que guardo no coração por que presente de Deus é assim que se cuida.
Mas a lembrança mais recente é de uma paz que chegou no meu coração. E essa tem nome, tem cheiro e tem cor. Ela vem e vai... e fica. Ela não chega a ser totalmente uma lembrança, por que ela ainda é presente e não quero nunca que vire passado.

Felicidade é para ser vivida e não somente recordada.
 

9 comentários:

  1. AI QUE SAUDADE DE TUDO QUE VOCE FALOU .....NOSSA O FARELINHO DO PÃO ESSE AI É DEMAIS....A ASA BRANCA....AI AI AI O POMAR DA BIZA AI AI AI DOEUUUU AIIII,...MAS É ASSIM ..EU QUERIA QUE TIVESSE ALGUEM QUE ME LMPASSE O CEREBRO POR QUE SOFRO DEMAIS COM SAUDADE ..SOFRO MESMO ..MAS FAZER OQEU SE DEUS NOS DEU TNATAS COISA BOA DE LEMBRAR NÉ??MAS LEMBRAR DOI MACHUCA FEREEE E ABRANDA O CORAÇÃO..SEM TIRAR DO BICHO COMEU DAS XUXINHAS DO A DE AMOR B DE BAIXINHO C DE CORAÇÃO...E DO PAPAI NEOL QUE AQUI EM CASA TÃO APRESSADO CHEGOU VOANDO E JOGOU OS PRESNETES NUM COLCHÃO LA FORA LEMBRA??DOS PEIXES NO SITIO E A FAMOSA FOTO DA CACHOEIRA REPLETA DE FAMILIA ..AHH COMO É BOM TERFAMILIA....A FAMILIA BUSCAPÉ MAIS AMAVEL E BARRAQUEIRA DO MUNDO ..AS FORMATURAS AS MEIAS FURADAS NAS SACOLAS AS MALAS COM AS ROUPAS PELOS APTOS E UMAS 30 MULHERES SE ARRUMANDO ..KKKK OS 15 ANOS ...NOSSA ..RODIZIO DE PIZZA ;;AI MEU DEUS SE LEMBRAR DE TUDO VOU PRA CAMA DE DEPRE..ENTÃO EPRAE DEXA EU IR LA LAVAR UM CACHORRO E ESQUECER DA VIDA BJ TE AMOOO
    ESTRELINHA PRIMEIRA E UNICA
    OTILIA

    ResponderExcluir
  2. ps...esqueceu do ovo frito com queijoooooooooooo num faço maisssssssssssss
    bj

    ResponderExcluir
  3. Totila,
    Eu juro que não esqueci do meu prato preferido MonegaxMalora

    Lembrei sim, mas qndo comecei a lembrar de tudo assim como você eu fui encerrando o texto, não sei se percebeu! rsrsrs começou a dar muita saudade e apertar o peito na distância.

    Te amo tantooo...

    ResponderExcluir
  4. Ola Kel,
    A lembrança tem cheiro mesmo, é incrivel como às vezes me pego relembrando algo, assim, de repente.
    Vim conhecer seu espaço.
    Um beijo,

    ResponderExcluir
  5. Kel

    lembranças da infância...a minha infância tem cheiro de pitanga...da minha adolescência...do meu tempo de facu, das aulas que nao matei..das festas que não fui...

    beijocas

    Loisane

    ResponderExcluir
  6. ESSE BLOG TAMBEM ..TA BOMBANDOOO
    KK
    BJS
    OTILIA

    ResponderExcluir
  7. Que gostoso Lois!!! :)

    Obrigada Mayra pela visita.
    Seja sempre bem vinda!
    ;)

    ResponderExcluir
  8. aah saudade *.*
    Adoro me sentir nostálgica, é doce (:
    Lindo post de hije ;)

    ResponderExcluir
  9. Oii Betina.
    Encontrei alguem então que ache a saudade doce! Fico feliz... a essência é realmente esta, de que ela nem sempre é dolorida.

    Beijinho

    ResponderExcluir